Blog – Daniela Alves

Base de Dados sobre o Tráfico da Vida Humana

  • APP deste Blog para Celular

    APP para celular

  • ENQUETE – Serviço Consular Brasileiro: Você já precisou de auxílio urgente da embaixada ou consulado do Brasil e foi negligenciado(a)?

    CLIQUE ABAIXO E RESPONDA A ENQUETE ENQUETE - Serviço Consular Brasileiro: Você já precisou de auxílio urgente da embaixada ou consulado do Brasil e foi negligenciado(a)?
  • Conheça a campanha UNODC

  • Siga-me no Twiter

    Twiter
  • Crimes na Internet

  • Translator

  • Posts mais lidos

Fifa golpeia tráfico

Posted by Daniela Alves em dezembro 30, 2008


Um dos mais rentáveis negócios surgidos nos últimos tempos – coincidentemente após a “libertadora” Lei Pelé na sua versão original, hoje falecida – espalhou-se pelo país na forma de escolinhas de futebol, classificadas pela Fifa como academias. Íbsen Pinheiro costuma tratar estas entidades como “cabanhas”, cujo único objetivo é vender o objeto do negócio antes que alcance a sua maturidade.

– Assim, meninos são atraídos para estas “escolas de futebol” de onde, ainda adolescentes, são levados para o Exterior sem qualquer fiscalização sobre o seu destino, condições de trabalho etc. Centenas, milhares de brasileirinhos são despejados pelo planeta sem que haja registro das suas saídas. Desembarcados em qualquer país, são registrados na federação local e só se saberá da sua existência se, um dia, surgirem em alguma grande equipe. A esmagadora maioria, como é fácil supor, desaparece sem nunca ter aparecido. Muitos são atirados à mais absoluta miséria e sofrem em terras distantes sem ter, sequer, a chance de voltar para casa. Mas os seus “vendedores”, estes sim, vão enriquecendo.

A Fifa acaba de golpear este tráfico vergonhoso de crianças. Reunido há poucos dias, o Comitê Executivo da entidade determinou que, doravante, estas “academias” terão que registrar seus jovens jogadores na confederação nacional (CBF) como qualquer clube. Conseqüentemente, seus representantes terão que pagar taxas de registro e transferência, normalmente, sem falar dos impostos sobre os seus lucros. Além disso, quando um menino for levado para o Exterior, ficará registrado na CBF quem fez o negócio para que, no futuro, se algo acontecer ao garoto, seja conhecido o responsável. Fica, assim, humanizada a diáspora cruel e mercantilista que atinge o futebol dos países pobres ou em desenvolvimento.

– Outra decisão tomada pela Fifa diz respeito às naturalizações. Daqui para frente, só poderá ser naturalizado e jogar pela seleção do seu novo país, jogador que tiver morado na sua nova pátria durante cinco anos contínuos, a partir dos 18 anos. Significa que estrangeiro não poderá vestir a camisa da seleção de outro país antes dos 23 anos e, assim mesmo, após ter morado desde os 18 anos, continuamente, neste país.

– Já começavam a proliferar exemplos de países que “compravam” a nova cidadania de jogadores para reforçar as suas seleções. Ainda que o mundo tenha se transformado em uma aldeia, algumas regras precisam ser respeitadas. Uma competição internacional não pode abrigar equipes que não sejam formadas, exclusivamente, por jogadores de cada país. A exceção está prevista pelo Comitê Executivo.

– Vamos iniciar a nova temporada sob ganhos institucionais. As determinações da Fifa significam avanços. O futebol é profissional e, portanto, mexe com verdadeiras fortunas. Isto não pode ser mudado. Mas é possível ordenar o mercado fazendo com todos os agentes deste esporte atuem sob as mesmas regras.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=136072&blog=217&coldir=1&topo=3994.dwt

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: