Blog – Daniela Alves

Base de Dados sobre o Tráfico da Vida Humana

  • APP deste Blog para Celular

    APP para celular

  • ENQUETE – Serviço Consular Brasileiro: Você já precisou de auxílio urgente da embaixada ou consulado do Brasil e foi negligenciado(a)?

    CLIQUE ABAIXO E RESPONDA A ENQUETE ENQUETE - Serviço Consular Brasileiro: Você já precisou de auxílio urgente da embaixada ou consulado do Brasil e foi negligenciado(a)?
  • Conheça a campanha UNODC

  • Siga-me no Twiter

    Twiter
  • Crimes na Internet

  • Translator

  • Posts mais lidos

Autora

Daniela Alves é Analista de Relações Internacionais. Atualmente é Diretora do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Também atua como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED). Na BRICS-PED também atua como CEO da Câmara Bilateral Brasil-Rússia.

Em 2011 foi vencedora (Primeiro Lugar) do Prêmio Libertas 2011 (promovido pelo Ministério da Justiça em parceria com o Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime -UNODC-) com o trabalho: O Tráfico de Pessoas para Remoção de Órgãos: De Palermo a Istambul. Em 2012 foi vencedora do Prêmio TOYP (The Outstanding Young Persons) Brasil 2012 na categoria contribuição às Crianças, aos Direitos Humanos e a Paz Mundial.

Ainda em 2012, foi palestrante no Fórum Women In Leadership realizado em Shanghai, China, onde palestrou para autoridades da Ásia e do Oriente Médio sobre as perspectivas econômicas para as mulheres no BRICS (Brasil, Rússia, India, China e África do Sul).

Em 2010 foi convidada pelo Ministério Público de Goiás a palestrar no Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado de Goiás (NEPT-GO) sobre “Tráfico de Pessoas para fins de remoção de órgãos” em COLOQUIO sobre TRAFICO DE PESSOAS NO ESTADO DE GOIÁS, participando também da mesa de debates com o representante do Ministério da Justiça, Eduardo Nepomuceno, e o representante do Ministério da Saúde, Cid Roberto Bertozzo Pimentel.

Entre 2008 e início de 2009 trabalhou junto à Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo (SMTrab-SP), sendo responsável pela elaboração de relatórios sobre o andamento dos projetos com financiamento internacional e a interlocução entre a SMTrab e as Organizações Internacionais.

Foi conferencista no “Primer Congreso Latinoamericano Sobre Trata y Trafico de Personas” ,  com a ponencia titulada “Desafios de la Comunidad Latinoamericana en el Combate a la Trata de Seres Humanos: Integrando Capacidades”, realizado na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires (2008).

Em 2008, ministrou aula sobre “O Combate ao Tráfico de Seres Humanos: As ações do BID e do UNDOC” no curso do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (NUPRI-USP) sobre “A Cooperação Internacional para o Desenvolvimento: Gestão do Ciclo do Projeto”. Neste mesmo período ministrou capacitações e apresentou diversos seminários sobre Tráfico de Seres Humanos, além de ter criado um blog (https://blogdanielaalves.wordpress.com) com a finalidade de ser um ponto de encontro, reflexão e informação entre aqueles que trabalham na prevenção e no combate ao Tráfico de Seres Humanos.

Em 2007 trabalhou junto à Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de São Paulo, realizando busca de convocatórias e formulação de projetos para diversos financiadores nacionais e internacionais, como: AECI, JICA, GTZ (atual GIZ), CIDA, BID, FUMIN entre outras agências de fomento ao desenvolvimento e cooperação. Ademais, foi responsável pela elaboração dos Relatórios de Acompanhamento e Avaliação dos Convênios Internacionais com a FAO e AECID.

Como professora visitante (2007) na Faculdade da Serra Gaúcha (Caxias do Sul – Rio Grande do Sul) ministrou aula sobre o Tráfico Internacional de Seres Humanos, no curso de especialização em Segurança Pública (Lato Sensu).

Ministrou palestras e capacitações em várias cidades do Brasil.

Em 2007 foi uma das ganhadoras do Prêmio Experiências comparativas em boas práticas, políticas públicas e desenvolvimento econômico local da Rede Internacional de Desenvolvimento Econômico Local e Comunitário.

Tem experiência na área de Relações Internacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: relações Brasil-Espanha, cooperação internacional para o desenvolvimento, desenvolvimento local, migrações, exploração sexual, tráfico internacional de seres humanos, tráfico de órgãos.

Anúncios

17 Respostas to “Autora”

  1. Lavoisier Barbosa Neto said

    Precisamos combater o tráfico de orgão em aréa de triplíce fronteira brasileira. Procure-nos poderemos assim trocar informações e fazermos projetos em cima dessa questão.

  2. Daniela Alves said

    Prezado Lavoisier,

    Entrarei em contato com vocês por e-mail.

  3. Elis said

    Prezada Daniela,

    Sou jornalista brasileira. Já morei alguns anos na Espanha, fazendo especialização, há algum tempo vem crescendo em mim a vontade de contribuir para alguma causa humanitária. Atualmente trabalho como editora de conteúdo para um site jornalistico em Belém do Pará. Gostaria de saber como posso contribuir para ajudar nas causas humanitárias.
    Aguardo seu retorno,
    Um forte abraço!

    • Giselle Gomes said

      Elis,

      Que tipo de tranbalho humanitário você pretende participar ou já participa? E pretende ou atua aqui em Belém mesmo?
      Meu nome é Giselle é também tenho a mesma intenção. Mas gostaria de trabalhar ajudando crianças, adolescentes que vivem em situações de risco. Já procurei, pela internet, uma ONG que para me cadastrar e até agora não achei. Existe um caso de uma criança de 7 anos que está séria situação de risco no PSM do Guamá. Esta criança irá morrer se ninguém fizer nada agora. Gostaria de ajuda-la mais não estou sabendo como…Assim, como este caso existem milhares que lemos nos jornais diariamente. Se vc souber uma luz. Me ajude!
      Obrigada!

      Giselle Gomes

      • Jalva Braga said

        Prezadas Eliz e Giselle, no Pará e especificamente em Belém temos várias ONG’S que trabalham com causas Humanitárias e acredito que voces seriam muito bem vindas. Cito as que tenho maiores referencias por segmento:
        Crianças e Adolescentes –
        1. Centro de Defesa da Criança e do Adolescente – CEDECA – Emaús, ong com mais de 20 anos.
        2. CACBA Rádio Margarida – Ong com aproximadamente 20 anos;
        3.
        Adultos
        1. Sociedade Pareanse de Defesa dos Direitos Humanos – Ong com mais de 30 anos que atende vítimas de todos os tipos de violencia;
        2. Sodireitos – Ong que atende pessoas e mais especificamente mulheres vitimas de trafico com fins de exploração sexual;
        3. Movimento de Mulheres do Campo e da Cidade – Ong que atende mulheres vitimas de violencia e trabalha o protagonismo delas;
        4. Movimento de Promoção da Mulher – Ong que trabalha o protagonismo de mulheres;
        5. Movimento Homossexual de Belém – Ong que atende homossexuais vitimas de violencia;
        6. Forum metropolitano de idosos – organização que defende os idosos que tiveram seus direitos violados

        Queridas há muito mais ong’s que trabalham em diversas áreas, seja na defesa de direitos, na prevenção, promoção e além disso temos os conselhos de direitos de crianças e adolescentes, idosos, mulheres, negros, etc. e ainda as promotorias, as varas especializadas, universidades (grupos de estudos). Em todos esses locais voces podem obter informações sobre as ong’s que mencionei. Espero que voces sejam bem sucedidas em suas buscas e que venham fortalecer luta por direitos humanos neste país.
        Saudações cordiais,
        Jalva Braga – jalvadh@hotmail.com

  4. Hilton Filício said

    Embora já venha colaborando no combate ao tráfico de humanos, gostaria de colaborar mais. Num passado recente(2003/2004), atendi várias senhoras no gabinete do vereador para qual trabalhava em minha cidade (Foz do Iguaçu), cujas senhoras trabalhavam para o Congresso Brasileiro. Porém, nunca obtive o retorno prometido quanto a realmente me colocarem para fazer parte da rede que combate o tráfico de humanos.

  5. Rosangela Santos said

    Prezada Daniela.
    Um amigo da FIOCRUZ me indicou o seu
    blog que vem em hora certa.
    Sou jornalista, transplantada renal e estou presidente da Federação das Associações de Renais e Transplantados do Brasil e milito na área de saúde desde 2003. Atualmente sou conselheira titular do Conselho Nacional de Saúde e consegui aprovar no conselho, um grupo de trabalho para abrir a caixa preta dos transplantes no Brasil, já que, está para ser publicado o novo regulamento técnico de transplantes no Brasil, o qual, mobilizei 66 entidades de âmbito nacional, na tentativa de discutirmos este tema com o governo, porém estamos sendo cada vez mais impedidos de exercer o controle social nas instâncias do Ministério da Saúde. Seria importante conversarmos, pois acho que você teria muito a contribuir em parceria com o nosso trabalho e ao mesmo tempo divulgar a face negra do capitalismo sobre os menos favorecidos. Aguardo um breve contato.

    • João Francisco said

      Olá Rosângela,

      Meu nome é João e eu sou estudante de RI e o meu trabalho de conclusão de curso é sobre tráfico internacional de órgãos. Gostaria de saber se você poderia me ajudar com algumas informações e como eu também poderia contribuir para essa causa. Eu tenho muito interesse, já que a minha mãe tem apenas um rim e eu sei bem como essa situação é muito complicada. Aguardo contato!

  6. Flavia Antunes said

    Daniela, tudo bem?

    Qdo puder quero falar ctgo sobre postar um pequeno texto no seu blog – se vc deixar é claro! -sobre o lançamento da campanha no dia 20/02
    espero suas notícias

    beijos,

    Flavia Antunes

  7. Silas said

    Oi Linda! Saudades enormes de vc! Tudo bem?

    Obrigado pela visita e pelo coment. Não deixarei me levar, com certeza.

    Perdoe-me pelo desaparecimento, é que tenho procurado emprego feito louco, fui até a Praia Grande encontrar uns amigos influentes da família para me indicarem (olha só). Não tenho parado na frente do PC e não tenho me preocupado com otra coisa além disso.

    Mas espero que esteja feliz, sou muito orgulhoso de vc, sempre que posso te uso como exemplo, quando falam que eu não vou conseguir nada na RI.

    Te adoro minha amiga.

    Um mega beijo!

  8. Vania da Paixão said

    Daniela, obrigada por sua contribuição, com suas pesquisas com certeza irei fazer um excelente seminário sobre tráfico de pessoas.

    Muito Obrigada!
    Vânia da Paixão
    aluna FMU de Direito

  9. Daianny Cristine Silva said

    Olá Daniela, sou assessora do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas em Goiás e achei seu blog muito interessante.
    Parabéns.
    Enviei-lhe um e-mail para articularmos nossas ações.
    Abraços, Daianny Cristine Silva.

  10. Augusto Dias said

    Salve!
    Numa discussão sobre tráfico de orgãos, que tive com pessoas que passaram alguns meses na Escandinávia, foi colocado por mim, algo que pareceu-lhes totalmente incabíbel, impossível de ocorrer.
    Explico:
    Em uma revista de bioética, constava um artigo sobre adoção, criação e venda de orgãos de crianças oriundas de países do terceiro mundo.
    Esta venda dava-se por meio de partilha dos orgãos, isto é, pouco sobrava do ser vilipendiado, e os países acima citados eram os maiores fomentadores deste crime.
    Pergunto se procede estas informações, em positivo, onde acharei via internet algum comentário.
    Abraços
    Augusto Dias
    Santos/SP

    • Daniela Alves said

      Augusto,

      Primeiro necessitaria ler o artigo que você menciona para poder lhe indicar se os fatos ali descritos são verdadeiros ou não. Envie-me um e-mail com o artigo.

      Abraço,

      Daniela Alves

  11. Olá Daniela, parabéns por sua iniciativa, estou escrevendo um livro sobre violência contra criança e adolescente e sei o quanto é importante um espaço como esse, estou tentando manter um bolg também e uma rede também sobre o tema, mais a tarefa de escrever o livro e ainda tentar capatar recurso pra concluir e publicar o livro não tem permitido manter a rede e o blog atualizado. Estive no Tocantins e no Espirito Santo e diversas cidades do Estado do Rio, e esse é um tipo de crime que tem negligenciado pela sociedade como um todo, assim somo a violência doméstica, mais acredito que graças a pessoas como vc e os leitores do seu blog a esperança ainda existe. Acredito que deveríamos ter uma rede de pessoas que tivessem o objetivo de manter essa chama acessa, e que pudessemos conseguir recursos pra ajudar nessas ações, pois tenho tentado contactar entidades em busca de apoio e não consigo, elas acabam monopolizando essas questões e por isso muita coisa deixa de acontecer. Mais vamos lá iremos vencer um abraço e continue com esse trabalho e continuarei acessando e tentando contribuir, valeu.
    fernandotra@gmail.com 21-86859609.

  12. Rita de Cássia Ferreira de Matos said

    BOM DIA!
    PARABÉNS PELO SITE.
    QUERI RECEBER MUITAS NOTÍCIAS DE TODOS VOCÊS VIA EMAIL.
    QUERO VÊ ESSE MUNDO COM MAIS PAZ E MUITO AMOR.

  13. Olá Daniela,

    Gostei muito do teu trabalho. É algo bastante válido e necessário. Parabéns!
    Gostaria q vc me enviasse uma sugestão, estou escrevendo minha monografia sobre tráfico de pessoas e acho q seria conveniente falar sobre o enfrentamento deste a nível nacional dando ênfase ao Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, como fiz; e a nível internacional, só q não estou encontrando material p este fim. O que vc me sugere?
    Agradece,

    Ericka Alves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: