Blog – Daniela Alves

Base de Dados sobre o Tráfico da Vida Humana

Posts Tagged ‘alternativas’

SESI inicia programa de enfrentamento às redes de exploração sexual

Posted by Daniela Alves em junho 30, 2008

Com 50 inscritos, cursos profissionalizantes marcam a implantação de iniciativa que oferece oportunidade de profissionalização e encaminhamento para o mercado de trabalho
 
 
    O Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI), por meio do SESI/CE, dá início nessa segunda-feira (30/6), às 14 horas, no SESI da Parangaba, ao Programa de Profissionalização de Jovens e Adolescentes em Situação de Exploração Sexual, que busca contribuir com o êxito das políticas públicas e oferecer uma alternativa a jovens vitimados entre 16 e 21 anos. Nesse dia, será realizada a aula inaugural – para 50 jovens inscritos – dos cursos de “Criação & Moda” e “Produção de Eventos”, a serem ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Ceará (SENAI/CE).
 Fortaleza será a primeira capital a implantar o programa, seguida por Recife, Natal e Belém. O projeto piloto foi desenvolvido a partir de pesquisa nacional (PESTRAF 2002), que aponta mais de 900 municípios brasileiros atingidos por redes de exploração e tráfico de pessoas. Revela, ainda, que a pobreza é o fator preponderante deste fenômeno e que há carência de ações estruturais voltadas a esse público.
 
    Com base na pesquisa, foi desenvolvido um programa de formação profissional com encaminhamento para emprego e/ou autogestão, como alternativa concreta de sobrevivência digna a jovens e adolescentes vítimas de exploração sexual comercial. A integração desse programa a outras iniciativas sociais permitirá envolver os familiares no processo de mudança, de modo a identificar um conjunto de alternativas para a adequação de suas rotas de vida. A sensibilização profissional, a formação e oportunidade de inserção no mercado de trabalho para esses jovens estarão aliadas a um leque de atividades capazes de mobilizar a atenção e o comprometimento do público envolvido. Como diferencial, o programa inclui formação básica continuada e disciplinas transversais que abordam direitos fundamentais e cidadania e, ainda, módulos de incentivo ao cooperativismo e ou autogestão.
 
    Adolescentes que se encontram na rede de exploração sexual comercial têm uma história pontuada por situações de privação e violência. A estratégia do projeto se alicerça em interferir nas condições subjetivas que constituem o modo de ser, pensar e agir desses adolescentes e suas condições de vida, incluindo situação de renda familiar, moradia e acesso à escola e à saúde, dentre outros direitos básicos. Assim, constitui-se uma rede de oportunidades formada por agentes sociais comunitários (de instituições sociais como Funci, Sociedade da Redenção, Aproce e Convida), agentes sociais públicos, setores industriais, comerciais e a rede de serviços, como forma de dar sustentação aos objetivos dos projetos. Continue lendo »

Posted in Debates | Etiquetado: , , , | 2 Comments »