Blog – Daniela Alves

Base de Dados sobre o Tráfico da Vida Humana

Posts Tagged ‘livro’

Delegado faz palestra na OAB-SP sobre crime organizado

Posted by Daniela Alves em maio 28, 2008

O delegado da Policia Federal Rodrigo Carneiro Gomes promove, na próxima quarta-feira (4/6), às 19h, palestra sobre o tema de seu livro: O crime organizado na visão da Convenção de Palermo. O evento será no Salão Nobre da seccional paulista da OAB. As inscrições podem ser feitas no site da entidade.

O livro de Carneiro, que também é professor da Academia Nacional de Polícia, trata de cooperação internacional e analisa projetos de lei sobre crime organizado que estão em tramitação no Congresso. A obra tem prefácio do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e ex-diretor-geral da PF, Paulo Lacerda. A apresentação é do ex-presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (RS), Vladimir Passos de Freitas.

Para Vladimir, a obra é de máxima relevância. “É muito importante que policiais escrevam, exteriorizem suas experiências e contribuam com o aprimoramento da cultura jurídica. Nos dias de hoje, não há mais lugar para a figura superada do policial desatualizado, avesso aos estudos, misto de homem autoritário e de pouca cultura”.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, também se manifestou. Ele classificou a obra como uma agradável surpresa. “Quanto mais próxima a Polícia Federal estiver do Direito, mas eficiente será”.

Na obra, o autor discorre ainda sobre a manifestação do crime organizado, suas formas de atuação, os instrumentos de prevenção, controle e repressão, principalmente a entrega controlada (não-atuação policial imediata). Um capítulo é dedicado à Convenção de Palermo que visa disciplinar uniformemente, entre os 147 países signatários, formas de confisco de bens, cooperação jurídica internacional, extradição e repressão ao crime organizado transnacional. Continue lendo »

Posted in Crime Organizado Transnacional | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

Diário de um repórter clandestino

Posted by Daniela Alves em março 31, 2008

Recentemente foi publicado em Portugal o livro Um Ano no Tráfico de Mulheres  de Antonio Salas, jornalista espanhol. Quem o conhece, descreve-o como tendo porte atlético e “olhar inteligente”.

É um olhar de fora, de quem se interroga como é a vida de um repórter que escolheu viver infiltrado. Que escolheu o risco. “É duro ter de mudar a imagem, os hábitos. Mas ter de mudar a forma de pensar, de sentir, para me converter de verdade num autêntico skin ou num traficante de mulheres, 24 horas por dia, é ainda mais duro”, confessou Salas numa entrevista que se pode ler no seu site, www.antoniosalas.org.  Aí está muita informação sobre a atividade deste homem que confessa ainda o medo que lhe descubram a câmara oculta que leva sempre com ele, testemunho do trabalho que faz e lhe fornece material para as reportagens televisivas; serve ainda como certificado de verdade. “Dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras, e percebo que algumas coisas que conto, sobretudo em Um Ano no Tráfico de Mulheres, sejam difíceis de conceber se não se virem as gravações da câmara oculta”.

Não a larga. Ela pode custar-lhe a vida, mas também a pode salvar. É ela o seu verdadeiro diário, um diário de imagens que não revela, por exemplo, sentimentos como a vergonha ou a raiva. “Fechar a compra de meninas latino-americanas de menos de dez anos, virgens, para as prostituir em bordéis europeus por 25 000 dólares cada uma, contendo a raiva e o asco que isso desperta é muito duro. Mas talvez uma das coisas mais difíceis seja descobrir a miséria, a hipocrisia e a falsidade do género humano. Sobretudo do género masculino. Depois de viver um ano e meio como traficante de crianças e de mulheres nas máfias da prostituição, ainda sinto vergonha de ser homem.”

Fonte: Diário de Notícias.

Posted in Tráfico de Crianças e Adolescentes, Tráfico de Mulheres | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »