Blog – Daniela Alves

Base de Dados sobre o Tráfico da Vida Humana

Posts Tagged ‘PRIMER CONGRESO LATINOAMERICANO SOBRE TRATA Y TRÁFICO’

PRIMER CONGRESO LATINOAMERICANO SOBRE TRATA Y TRÁFICO

Posted by Daniela Alves em maio 26, 2008

A data do “Primer Congreso sobre Trata y Tráfico de Personas” se aproxima… Como já postado neste blog, o congresso será realizado entre os dias 4-6 de junho. Aproveito este post para publicar o resumo de um trabalho que também será apresentado no congresso e que por sua qualidade (já comprovada, tendo sido aprovada para participar deste congresso) deve ser publicado neste blog para apreciação dos leitores!! Desde Já agradeço à Nathalia Justo pela autorização em publicar seu resumo neste blog!

Para mais informações sobre o Congresso, e como acompanhá-lo ao vivo mesmo não podendo ir à Argentina, acesse o site: http://congresotrata2008.wordpress.com

 

Mesa Temática 3: trata y prostitución

Tráfico de mulheres e demanda: o estereótipo da mulher brasileira e os valores sobre a prostituição

Nathalia Justo

E-mail: justonathalia@gmail.com

O tráfico de pessoas é uma forma de coisificação da pessoa humana na qual as pessoas são vistas como objetos com capacidade de proporcionar lucros. Sendo um comércio, pode-se pensar o tráfico a partir da oferta e da demanda. Tal demanda se estabelece não somente por meio dos recursos que possui, mas também por ser uma demanda que pede por determinado tipo de mercadoria. Há uma construção, proveniente do colonialismo europeu, da latino-americana. O pensamento de que havia delícias paradisíacas a serem desfrutadas aqui e de que não havia pecado ao sul do Equador, foi determinante em muitos aspectos de como a colonização foi realizada. As brasileiras sofrem especialmente por conta deste estereótipo. Na negociação do Protocolo de Palermo, surgiram dois grupos que defenderam posições opostas quanto à natureza da prostituição e, portanto, quanto à definição de tráfico e de como ele deve ser enfrentado. Enquanto a Coalition Against Trafficking in Woman (CATW) defendeu considerar a prostituição a pior instituição do patriarcalismo, sendo esta sempre uma exploração do feminino pelo masculino, a Human Rights Caucus (HRC) defendeu que o tráfico deve ser considerado, sobretudo, exploração de trabalho, qualquer seja sua natureza, pensando a prostituição um trabalho de partes do corpo sexualizadas. Estas visões diferentes levam à políticas diferentes de enfrentamento ao tráfico. O trabalho visa comparar as propostas de políticas de enfrentamento ao tráfico de pessoas que surgem destas duas visões que se têm da prostituição e como elas tem efeito no estereótipo da mulher brasileira. Ele visa discutir se este estereótipo é um marketing para que mulheres brasileiras tenham mercado para seu produto, ou se ele é o responsável para que explorações sejam cometidas contra as brasileiras, principalmente de natureza sexual.

Posted in Tráfico de Mulheres | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Primer Congreso Latinoamericano sobre Tráfico y Trata de Personas

Posted by Daniela Alves em abril 28, 2008

Caros leitores,

Gostaria de compartilhar com vocês que nos dias 4, 5 e 6 de junho estarei participando do “Primer Congreso Latinoamericano sobre Tráfico y Trata de Personas”, a ser realizado na Universidade de Buenos Aires – Argentina.

Abaixo está o resumo de meu seminário que foi aprovado para ser apresentado no Congresso. Para mais informações sobre o congresso acesse o site: http://congresotrata2008.wordpress.com/

PRIMER CONGRESO LATINOAMERICANO SOBRE TRATA Y

TRÁFICO DE PERSONAS

 

Eje temático: Las políticas públicas y su relación con la lucha contra la Trata y el Trafico de personas.

Ponencia: Desafíos de la Comunidad Latinoamericana en el combate a la

Trata de Seres Humanos: integrando capacidades

 

Daniela Alves Pereira de Andrade

Centro de Inteligência-Porto Alegre (RS)

danialves04@gmail.com

 

La Comunidad Internacional está marcada, inevitablemente, por la constatación creciente de las consecuencias de la modernidad, donde la magnitud alcanzada por los problemas acaba imponiendo la necesidad de repensar nuestras formas de organización social, económica y política. En el actual escenario internacional coexisten todo tipo de actores que pueden no compartir valores, intereses, normas e instituciones, pero es innegable que no son de mundos separados y aislados; lo que  sucede en el plano local, regional o en el territorial repercute en el mundo exterior y es profundamente influenciado por él. La lógica de la interdependencia internacional tiende a hacer de las relaciones internacionales un sistema, en el cual las interacciones cooperativas ganan relevancia, contemplando el desarrollo de una comunidad internacional que se auto-regule mediante instituciones globales eficaces. El principal objetivo de este trabajo es demostrar que una lucha latinoamericana eficaz contra la Trata de Seres Humanos y el Crimen Organizado sólo será posible con el desarrollo de una política que establezca un marco de cooperación y ordene las estructuras existentes. Para que sea posible tal evolución será presentada, por medio de una regularidad constatada empiricamente, una tendencia de la Cooperación Internacional para combatir la Trata de Seres Humanos que se desarrollará paulatinamente. Esa tendencia será evidenciada con el establecimiento de tres niveles de la cooperación, desde el más amplio e indeterminado, hasta el más operativo y específico. El paso por esos sucesivos niveles sólo tendrá un resultado eficaz y efectivo con la concepción de una estructura, cuya naturaleza irá variando progresivamente hasta desembocar en una organización sólida y con vocación permanente, que utilice información continuada, validada e integrada; esto es, inteligencia.

Posted in Tráfico de Pessoas | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »