Blog – Daniela Alves

Base de Dados sobre o Tráfico da Vida Humana

Posts Tagged ‘turismo sexual’

Propostas de PREVENÇÃO contra o turismo e exploração sexual

Posted by Daniela Alves em outubro 14, 2010

O portal de convênios do Governo Federal já registrou 14 estados com propostas  neste sentido em dois meses da fase primeira do projeto geral de prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no turismo.

A importância de empenhar cursos de multiplicadores na temática está  apresentando detalhes como a formação de 163 agentes das 27 unidades da Federação. Durante os cursos, representantes de entidades públicas e da sociedade civil foram capacitados para sensibilizar donos de hotéis, restaurantes, agências de viagens e demais atores do setor para não permitir a prática do crime em seus estabelecimentos. Continue lendo »

Posted in Debates | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

TURISMO SEXUAL é tema de palestra no Recife

Posted by Daniela Alves em maio 13, 2008

Depois de levar o prêmio máximo de Responsabilidade Social em Turismo, iniciativa do Ministério do Turismo (MTur), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do Childhood Brasil, a campanha contra o abuso sexual de crianças e adolescentes promovida pela ABIH-PE, Recife Convention e ONG Ciaf será tema de palestra durante Seminário Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes: Acreditar, Proteger e Responsabilizar. O evento está marcado para o dia 19, das 8 às 13 horas, no Centro de Convenções de Pernambuco.

A realização do Seminário marca o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, comemorado no dia 18 de maio. Na ocasião, o presidente da ABIH-PE e do Recife Convention, José Otávio de Meira Lins, relatará as experiências da campanha “Exploração Sexual de Crianças? Desculpe-nos, não temos este serviço! Por favor, não insista!”. De acordo com ele, já foram treinados mais de 500 funcionários de hotéis.

Fonte: BrasilTuris Jornal

Posted in Debates | Etiquetado: , , | 1 Comment »

Combate ao turismo sexual em Pernambuco

Posted by Daniela Alves em abril 14, 2008

Pernambuco acaba de ganhar mais um parceiro no combate ao turismo sexual. O Sesi vai implantar no Estado um projeto-piloto de Profissionalização de Jovens em Situação de Exploração Sexual

O anúncio foi feito, ontem, quando o governador em exercício, João Lyra Neto, recebeu o presidente do Conselho Nacional do Sesi, Jair Meneghelli e o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco – Fiepe, Jorge Corte Real, no Palácio do Campo das Princesas.

“A proposta do Sesi é muito bem-vinda pelo Governo do Estado. O Sesi vem somar ao esforço que está sendo feito pelo Estado no sentido de combater o turismo e a exploração sexual. O Pacto pela Vida já trabalha neste sentido, além das ações desenvolvidas pelas secretarias de Turismo, de Juventude e Emprego e da Mulher, estas duas últimas criadas de maneira inédita pelo Governador Eduardo Campos”, afirmou João Lyra.

O projeto-piloto, que também está sendo levado à Fortaleza, trabalhará com um número de 100 jovens do sexo feminino, com idade acima de 16 anos, oferecendo a elas cursos profissionalizantes, com duração entre seis e oito meses, uma ajuda de custo de R$ 500 mensais e a garantia de emprego ao final do curso, para que as jovens não voltem para a prostituição.

“Os cursos serão financiados pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), as aulas serão desenvolvidas pelo Sistema S e o Conselho Nacional do Sesi entrará com os recursos destinados à ajuda de custo. O Estado será nosso parceiro no rastreamento das jovens em situação mais crítica para que todo o processo seja agilizado. Espero que os cursos estejam começando dentro de dois meses”, explicou Meneghelli.

Também presente à reunião, o secretário de Turismo, Sílvio Costa Filho, informou que será criada uma agenda neste sentido, o mais rápido possível. “A questão de combate ao turismo sexual já estava contida no nosso plano estratégico de turismo. Garanto que o apoio do Sesi vai nos ajudar a fazer o nosso dever de casa”, disse. “Na semana que vem já teremos um grupo de trabalho, com representantes de diversas secretarias, atuando neste projeto”, garantiu o governador em exercício.

Além do Sesi, da Fiepe e do Governo do Estado, estão envolvidos no projeto diversos parceiros como o Governo Federal, através de diversos ministérios, o Banco do Brasil, além de entidades da sociedade civil. Tudo isso para fazer um trabalho integrado nesta ação de responsabilidade social iniciada pelo Sesi. “Estamos trabalhando no sentido de que isso não seja um esforço momentâneo, mas sim uma política pública permanente que acabe com o turismo sexual”, finalizou Lyra Neto.

Fonte: FISEPE

Posted in Sem-categoria | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Campanha incentiva população a denunciar casos de violência sexual no carnaval

Posted by Daniela Alves em janeiro 16, 2008

A Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República lança, no próximo dia 26, em Fortaleza, a Campanha Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual no Carnaval 2008. Com o slogan Sexo só se for legal, a campanha, promovida pela primeira vez em 2006, tem como parceiros o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescente e a prefeitura de Fortaleza. A campanha vai até 6 de fevereiro, Quarta-Feira de Cinzas.

Segundo a coordenadora do Disque 100 da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Leila Paiva, desde que a campanha começou a ser realizada, o número de denúncias aumentou significativamente. A iniciativa tem o objetivo de alertar e conscientizar a população sobre os perigos da violência sexual e das doenças sexualmente transmissíveis durante o carnaval.

Ela disse que os casos mais comuns são de turismo sexual, pornografia, prostituição e tráfico para fins de exploração sexual. “Queremos é chamar a população para que, mesmo nesse período [carnaval] em que tudo parece ser possível, fique alerta para os casos de violência sexual cometidos contra crianças e adolescentes.” O alerta é válido tanto para casos de abuso sexual infra-familiar ou extra-familiar, quanto para casos de violência sexual configurados como exploração sexual, que são os de turismo sexual, pornografia, prostituição e tráfico para fins de exploração sexual, ressaltou.

Leila Paiva lembrou que a campanha do ano passado resultou em aumento no número de denúncias na capital cearense, mas esclareceu que isso não significa aumento da violência. O que aumentou foi o volume de denúncias efetuadas pela população. Por isso a cidade foi escolhida para iniciar a campanha, explicou.

A campanha será lançada em mais seis capitais – Rio de Janeiro; São Paulo; Salvador; Manaus; Porto Alegre e Recife – e na cidade de Corumbá, em Mato Grosso do Sul. No restante do país, a campanha será divulgada em parceria com os governos estaduais e municipais.

O Disque Denúncia Nacional recebe, em média, 2.578 ligações diários – no ano passado, foram feitos 940.919 atendimentos. De maio de 2003 a dezembro de 2007, foram recebidos e encaminhadas 52.151 denúncias de todo o país. Em 2003, a média foi de 12 denúncias diárias e, em 2007, de 68 por dia.

Conforme dados da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, das denúncias recebidas em 2007 durante o carnaval, 23% foram relativas a exploração sexual; 26% a abuso sexual e 51% a outras formas de violência. Das vítimas de exploração sexual registradas nas denúncias, 17% tinham entre 10 e 11 anos de idade; 49% entre 12 e 14 anos e 34% entre 15 e 17 anos.

A ligação para quem quiser denunciar ou tirar dúvidas sobre qualquer tipo de violência ou exploração sexual é gratuita e pode ser feita para o número 100 de qualquer cidade do país, de segunda a domingo, das 8 às 22 horas, inclusive nos feriados. O Disque 100, que não revela a identidade dos autores das denúncias, também recebe informações sobre o paradeiro de crianças e adolescente desaparecidos.

Fonte: Agência Brasil

Posted in Tráfico de Crianças e Adolescentes, Tráfico de Mulheres | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »