Blog – Daniela Alves

Base de Dados sobre o Tráfico da Vida Humana

  • APP deste Blog para Celular

    APP para celular

  • ENQUETE – Serviço Consular Brasileiro: Você já precisou de auxílio urgente da embaixada ou consulado do Brasil e foi negligenciado(a)?

    CLIQUE ABAIXO E RESPONDA A ENQUETE ENQUETE - Serviço Consular Brasileiro: Você já precisou de auxílio urgente da embaixada ou consulado do Brasil e foi negligenciado(a)?
  • Conheça a campanha UNODC

  • Siga-me no Twiter

    Twiter
  • Crimes na Internet

  • Translator

  • Posts mais lidos

PF investiga tráfico de mulheres e fraude no BNDES

Posted by Daniela Alves em abril 25, 2008


A Polícia Federal de São Paulo prendeu na manhã desta quinta-feira (24/4) nove pessoas acusadas de praticar crimes de tráfico local e internacional de mulheres, de explorar prostituição e de participar de fraudes na concessão de empréstimos do BNDES. Foram emitidos 11 mandados de prisão e 18 ordens de busca e apreensão na chamada Operação Santa Tereza.

Segundo a PF, as investigações começaram em dezembro de 2007 para apurar denúncias sobre uma suposta quadrilha que explorava o tráfico de mulheres e a prostituição em São Paulo. A polícia diz que investigados mantêm uma casa de prostituição de alto luxo em São Paulo e que a mantinham em funcionamento à custa de suborno pago aos fiscais da administração pública.

No decorrer da apuração, descobriu-se o suposto esquema de desvio de verbas de financiamentos do BNDES. De acordo com a PF, dois financiamentos do BNDES neste ano foram fraudados. Em um deles foi emprestado R$ 130 milhões a uma prefeitura paulista. No outro, uma grande empresa do ramo varejista recebeu R$ 220 milhões. Cerca de 4% dos valores foram desviados dos empréstimos, diz a polícia.

Os empréstimos são pagos de forma parcelada. O desfalque de dinheiro é justificado ao BNDES com a apresentação de notas fiscais falsas de serviços de consultoria empresarial, segundo a PF. Pelo menos, outras duas prefeituras de São Paulo estão envolvidas no esquema, diz a polícia. O grupo de pessoas envolvidas no esquema de fraudes no banco estatal de investimentos, segundo a PF, seria composto por empresários, advogados e servidores públicos.

Fonte: Revista Consultor Jurídico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: